Filmes

Filme de Domingo: As Garotas do Calendário

Título Original: Calendar Girls

Lançamento: 2003

Diretor: Nigel Cole

Gênero: Comédia dramática

Sinopse: Mulheres maduras de Yorkshire posam nuas para um calendário com o intuito de arrecadar dinheiro para um hospital. Elas acabam se transformando em uma grande sensação mundial.

Trailer:

Opinião do Bananas: Uma comédia britânica leve baseada em fatos reais, que quebra preconceitos contra a feminilidade e sexualidade de mulheres maduras. A iniciativa partiu de um dos membros do Women’s Institute de Yorkshire para arrecadar fundos para o hospital local por meio da venda de um calendário de nudes com as próprias integrantes do grupo, o que se tornou algo tão grande e escandaloso por quebrar essa noção de que senhoras na meia idade, mães e avós não podem demonstrar sexualidade, o calendário foi lançado em 1999 e arrecadou 5 milhões de Libras Esterlinas (£5 million) para pesquisa de Câncer de Sangue.

A idealizadora foi Angela Knowles a esposa de John Baker que perdeu a batalha contra o câncer (Linfoma não Hodgkin) em 1998. A história se tornou notícia ao redor do mundo, virou o filme e ainda um musical.

As Originais Garotas do Calendário.
04 bananinhas
Filmes

Filme de Domingo- Beleza Oculta

Título Original: Collateral Beauty

Lançamento: 2017

Diretor: David Frankel

Gênero: Drama

Sinopse: Após uma tragédia pessoal, Howard (Will Smith) entra em depressão e passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor – algo que preocupa seus amigos. Mas o que parece impossível, se torna realidade quando essas três partes do universo decidem responder. Morte (Helen Mirren), Tempo (Jacob Latimore) e Amor (Keira Knightley) vão tentar ensinar o valor da vida para o protagonista.

Trailer:

Opinião do Bananas: Elenco maravilhoso, Temática forte.

Li diversas críticas ruins declarando -o como um filme clichê, manipulativo. Críticas essas que discordo totalmente. Adorei o filme, me surpreendi com um dos elementos finais, mas entendo por que foi chamado de clichê, observando o filme rapidamente descobre-se partes da conclusão, contudo isso não tira a emoção e a real mensagem.

Um dos pontos foi que a mensagem dita pelo Tempo é que este é um luxo que temos e que desperdiçamos, como se a perda de um filho fosse trivial, mas entendi isso com outra visão que o personagem de Will Smith não deveria permanecer dormente com tudo e para tudo pelo resto da vida e perder novas experiências, sendo que seu luto não trará sua filha de volta e nem diminuirá sua dor.

O filme nos ajuda a pensar como cada um lida com sua perda. Outro ponto foi a aparente péssima atuação e sinceramente não achei uma atuação ruim, achei a forma de atuação foi proposital, as emoções fazem papel de atores ruins tentando patrocínio para uma peça e os colegas de trabalho são pessoas de coração bom que fingem ações e não sabem disfarçar quando cometem um erro ou enganam alguém por que sentem-se culpados.

A história é sobre perda seja emocional ou física, a preparação, a antecipação, todos os tipos de perda.

Por esses e outros aspectos amei o filme.

05 bananinhas