E Coisas

Eu Fui: Bonito-MS

Se você gosta de ter contato com a natureza e bastante aventura, Bonito no Mato Grosso do Sul é o destino certo. Considerado o melhor destino para Ecoturismo do País, tem muita cachoeira, grutas, dolinas, lugares para mergulho, flutuações, trilhas e muito mais.

De acordo com o Bonitoecotur a melhor época para visitação é de Dezembro a Março, a cidade por ser turística tem uma boa infra-estrutura para receber pessoas de fora, em Bonito existem mais de 70 passeios, todos tem um Sistema de Gestão de Segurança que inclui limites de pessoas por passeio e certas regras a serem respeitadas, e acompanhamento de guia especializado.

De Campo Grande (capital do MS) para Bonito a distância é 298 km que leva aproximadamente 3 horas e meia à 4 horas de ônibus ou van, passando por municípios de Sidrolândia, Nioaque e Guia Lopes da Laguna, por falar em transporte em Bonito é ideal que você tenha um carro ou que quando fechar os pacotes de passeios já contrate com o serviço de translado para levar e buscar você de cada passeio. Ainda nesse tópico em Bonito o deslocamento por táxi e moto-táxi é bem caro e lá ainda não tem o serviço de UBER (pelo menos até 03/2020) e por ter ficado hospedada bem no Centro não precisei gastar com isso, fiz tudo a pé.

Existe em Bonito uma grande variedade de lojas de artesanato com preços variados, então dá pra fazer uma boa pesquisa antes de comprar, a cidade tem uma energia de cidade pequena mas é maior do que imaginamos e tem bastante opção no comércio como loja O Boticário, Chiquinho sorvetes, Subway, Açai Concept e várias outras opções locais, notei ainda que a cidade tem preços no geral bem altos, mas se você andar fora do Centro acabará encontrando preços mais em conta, duas das coisas que achei extremamente caro foram os preços de frutas e produtos de padaria.

Os preços dos passeios são tabelados, ou seja, em todas as agências o preço vai ser o mesmo, a única variação é de alta e baixa temporada, assim é importante fazer uma busca no Google ” tabela de alta e baixa temporada em bonito ms” pois os valores e os meses alteram anualmente.

O atendimento para os turistas é ótimo, as agências de turismo dizem tudo que você precisa levar para seu passeio e é necessário que você siga essas recomendações, como por exemplo em alguns passeios não é permitido uso de protetor solar e repelente e em outros é liberado o uso, todas as trilhas é obrigatório o uso de tênis ou sapato apropriado para trilha, muito importante que você leve uma forma de registrar os momentos, um celular com câmera boa ou uma máquina fotográfica, em alguns passeios de flutuação ou mergulho lhe ofertam o aluguel de Gopro para fotos e filmagens dentro e/ou próximo d’água.

As opções de restaurantes e lanchonetes são variadas e a gastronomia de Bonito é incrível, a comida em todo lugar que fui era ótima e com porções muito bem servidas, é importante que você tenha a mente aberta para experimentar comidas diferentes como carne de Jacaré e garanto, você não vai se arrepender é tudo muito gostoso.

Alguns restaurantes e comidas que você precisa experimentar: (que eu fui)

Casa do João: Comida deliciosa, muito bem preparada, a Traíra sem espinhas é sem defeitos, o instagram deles é @casadojoaorest , tem um mini museu de coisas variadas inclusive tecnologias antigas e uma loja cheia de artesanatos e lembrancinhas, atendimento show;

A Tapera: Restaurante self service, com bastante opção e um suco de guavira muito bom.

Sale & Pepe: Restaurante fusion nipo-pantaneiro, onde tem um sobá muito gostoso.

Juanita: Bem famoso pelo ambiente e pela comida maravilhosa, inclusive uma costela que derrete na boca e uma farofa pra ficar na lembrança.

Mas para aqueles que não comem carne, os vegetarianos e veganos não se preocupem em todos os lugares que fui tem opções veganas e super saborosas. Lembrando que nos passeios que servem almoço também tem opções veganas.

Mas por favor NUNCA beba a água de Bonito, seja ela pura, em forma de café, suco, ou caldos em geral. A explicação é simples (mais ou menos) a água de lá tem uma grande concentração de carbonato de cálcio e magnésio, deixando assim a água salobra, ou seja com mais acúmulos de sais do que a água doce e menos do que a água salgada, e isso provoca quando ingerida azia, mal-estar e desarranjo intestinal, a água de Bonito só não faz mal para os nativos mas mesmo assim ainda têm pessoas lá que não tomam a água local, tá mas o que faz? fica com sede? Não, você compra água mineral comum e lá vende em todo canto e de vários tamanhos, de 1 Litro até 5 Litros e procure sempre em comércios mais afastados do centro onde é mais barato, dica: se for tomar um suco ou café em algum lugar pergunte se é feito com água de Bonito antes. Até na hora do banho você nota a diferença, o sabonete não faz espuma e acaba muito rápido, minha dica é, use sabonete líquido e nos cabelos passe quantidades absurdas de creme, e logo após o banho ou passeios que você se molhe passe hidratante ou óleo corporal.

Com relação aos passeios a maioria deles acontece em cidades próximas a Bonito, como Jardim e Bodoquena.

Alguns passeios que visitei:

Boca da Onça: que fica próximo de Bodoquena, com aproximadamente 8 cachoeiras e varias dessas são para próprias para banho, algumas sendo o poço da lontra e o buraco do macaco finalizando com a cachoeira boca da onça com 156 metros de altura, lá tem um rapel negativo de 90 metros (que você só faz se quiser), precisa ter um condicionamento físico médio por que tem uma longa trilha e uma escadaria com 886 degraus, no local do receptivo há um restaurante e com almoço incluso no valor do passeio e duração de 6 horas aproximadamente.

Buraco das Araras: Fica em na cidade de Jardim,é um passeio contemplativo, ou seja, apenas para observação, o passeio é levinho só 970 metros e passa por 2 mirantes, com duração de aproximadamente 1 hora e 30 minutos.

Estância Mimosa: É um passeio de trilhas e cachoeiras, são 10 cachoeiras e 9 disponíveis para banho, tem plataforma para salto e passeio em barco movido a energia solar, no receptivo tem redário (um lugar cheio de rede), tem um lago com mais de 10 jacarés, o almoço é pago diretamente lá e feito no fogão a lenha, tem loja de souvenir, com duração de aproximadamente 4 horas.

Rio da Prata: Lugar para flutuação, com duração de 4 horas aproximadamente, o almoço pode ser pago junto com o passeio na agência, fica localizado em Jardim, começa com uma trilha e finaliza com a flutuação com cerca de 2.000 metros e você não precisa saber nadar por que você tem uma orientação antes de tudo e lhe é fornecido roupa de neoprene e colete, esse é o melhor lugar pra ter uma gopro, os últimos 600 metros pode ser realizado em um barco, o doce de leite servido e vendido lá é uma delicia como nada que eu já comi e na volta ainda tem a raspa do tacho para os visitantes provarem.

Balneário Municipal: Foi o lugar que menos gostei de visitar, por que tem gente demais e não é um passeio é apenas um local para banho, lá tem restaurantes com um cardápio bem variado e o almoço você paga lá, vestiário, e dá pra fazer flutuação, nadar a vontade.

Em caso de dúvidas o site da agência Bonitour fornece mais detalhes sobre todos esses passeios e mais.

Tenho vontade de retornar e fazer mais passeios por que o tempo foi curto.20200312_090015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s