Livros

Lua Escarlate- Shannon Drake

Autor: Shannon Drake

Título Original: Beneath a Blood Red Moon

Editora: Editora Nova Cultural

Tradução: Elizabeth Arantes Bueno

Lançamento: 1999; BR: 2009

Páginas : 178

Gênero- Categoria: Ficção Americana – Romance/Fantasia

Sinopse: Maggie Montgomery, dona da Magdalena’s, uma elegante butique em Nova Orleans, fica chocada ao saber que um misterioso assassinato foi cometido na rua, em frente à sua loja, e que havia uma trilha de sangue entre a vítima e a porta da butique. Mas o choque se transforma em perplexidade quando Maggie fica conhecendo Sean Canady, o policial que vem interrogá-la… e que lhe inspira uma perigosa atração! Algo poderoso, e além da razão, uniu Maggie e Sean. Algo relacionado com um passado em comum e que começou gerações antes, sob uma lua vermelha como sangue. Pois naquela noite, mais de um século atrás, eventos perturbadores aconteceram na família Montgomery, e agora Maggie precisa encontrar um homem cujo amor seja puro o suficiente para salvá-la da escuridão à qual ela pode estar condenada…

Opinião do Bananas: Me decepcionei muito com essa leitura, talvez por que estava com altas expectativas mas mesmo assim não foi muito satisfatória.

Começando pelo nome da autora que na verdade é Heather Graham e Shannon Drake é o pseudônimo que ela usa, tanto é a confusão que esse livro foi publicado com ambos os nomes antes de chegar no Brasil. Tenho uma publicação no Instagram que fala um pouco sobre isso.

No Brasil o livro foi publicado pela Nova Cultural dentro da coleção Bianca no número 897 e este faz parte da saga Alliance Vampires.

Sobre a história, os vampiros são descritos de uma forma que se encaixam na realidade mas ainda com seus detalhes como repulsa por alho, se movem dissipando-se como névoa e o poder de hipnotizar, mas andam de dia, comem, bebem e possuem todas as funções biológicas normais. Há uma demora no desenvolver de tudo onde o mistério somente começa a se desenvolver a partir da página 115.

Tentam forçar no desenrolar do livro que Jack, o estripador era um vampiro (existem outros livros de vampiro que fazem a mesma coisa), forçam ainda vidas passadas, reencarnação e claro temos aquele amor instantâneo depois de uma cena de intimidade. As cenas de ação são bem confusas por vezes não sabemos quem é quem em uma fala específica (isso é algo bem comum nesses romances de banca). O final foi decepcionante.

02 bananinhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s