Livros

Clube do Livro da Reese Witherspoon

A atriz Reese Witherspoon como uma grande apaixonada por Livros decidiu criar o Reese’s Book Club (Clube do Livro da Reese). O clube possui o site (lincado acima e sim ‘lincado’ está correto) e o aplicativo e consiste em apresentar e dar palco para autoras, dando ênfase na perspectiva feminina.

Há também o Hello Sunshine que têm site e canal no YouTube, com o mesmo objetivo de focar nas mulheres e suas histórias, no site temos acesso a podcasts, e loja de artigos de papelaria e vestuário.

O Clube do Livro da Reese começou dentro do Hello Sunshine mas essa comunidade cresceu tanto que se fez necessário ter sua própria identidade, alguns dos livros aprovados pelo Clube se tornaram filmes e series como por exemplo Pequenos Incêndios Por Toda Parte da autora Celeste Ng, Livre da Cheryl Strayed, Big Little Lies da Liane Moriarty e Garota Exemplar da Gillian Flynn.

Há uma grande importância em artistas formarem Clubes do Livro, assim como a apresentadora Oprah que também tem seu clube do Livro, ou artistas que simplesmente usam as redes sociais para mostrar livros que gostaram pois isso aumenta o interesse da população geral na aquisição desses livros, assim como aconteceu com Um Lugar Bem Longe daqui da autora Delia Owens que se tornou um dos livros mais vendidos.

Segue algumas recomendações do Reese’s Book Club:

Livros

Nossas Noites -Kent Haruf

Autor: Kent Haruf

Título Original: Our Souls At Night (Nossas almas a noite)

Editora: Companhia da Letras

Tradução: Sonia Moreira

Lançamento: 1ª publicação em 2015 e no BR em 2017

Páginas : 160

Gênero- Categoria: Romance Norte-Americano/ Adulto

Sinopse: Em Holt, no Colorado, Addie Moore faz uma visita inesperada a seu vizinho, Louis Waters. Viúvos e septuagenários, os dois lidam diariamente com noites solitárias em suas grandes casas vazias. Addie propõe a Louis que ele passe a fazer companhia a ela ao cair da tarde para ter alguém com quem conversar antes de dormir. Embora surpreso com a iniciativa, ele aceita o convite. Os vizinhos, no entanto, estranham a movimentação da rua, e não demoram a surgir boatos maldosos pela cidade. Aos poucos, os dois percebem que manter essa relação peculiar talvez não seja tão simples quanto parecia.

Neste aclamado romance, Kent Haruf retrata com ternura e delicadeza o envelhecimento, as segundas chances e a emoção de redescobrir os pequenos prazeres da vida – que pode surpreender e ganhar um novo sentido mesmo quando parece ser tarde demais.

” Um futuro não necessariamente indolor, mas que não precisa ser solitário”

Opinião do Bananas: Nossas Noites foi o último trabalho do autor Kent Haruf que faleceu em 2014. Infelizmente o autor não pôde ver o sucesso de sua última publicação que foi considerado o melhor livro do ano pelo The Boston Globe, St. Louis Post-Dispatch, e pelo The Denver Post.

Como dito pelo The Boston Globe “aquilo que parece acontecer tarde demais e as segundas chances sempre foram um tema para Haruf. Mas aqui, em um livro sobre o amor e as consequências do sofrimento, ele produziu sua expressão máxima disso.”

Um livro absolutamente maravilhoso, com escrita impecável me apaixonei por Kent Haruf, tão simples e tão real. A dolorosa e palpável realidade das nossas vidas, apontando que nem sempre vivemos da forma que sonhamos e nem por isso a vida não se torna satisfatória e que nada impede que tenhamos uma segunda chance de felicidade mesmo que pequena.

Adivinhem… Tem filme produzido pela Netflix e já falei sobre ele em uma postagem de Filme de Domingo.

Notei com divertimento algo que nunca tinha imaginado, que mesmo pessoas que viveram uma vida toda, criaram seus filhos, pagaram suas contas e vivem sem precisar de auxílio ainda se preocupam com o que outras pessoas vão achar da maneira como vivem e das coisas que fazem.

“Resolvi que não vou ficar me preocupando com o que as pessoas pensam. Já fiz isso tempo demais – a minha vida inteira. Não vou mais viver desse jeito.”

“Eu falei para você que não quero mais viver daquele jeito – em função das outras pessoas, do que elas pensam, daquilo em que elas acreditam. Não acho que seja uma boa maneira de viver. Não para mim, pelo menos.

05 bananinhas
Filmes

Filme de Domingo: Água e Fogo

Título Original: Su Ve Ateş

Lançamento: 2013

Diretor:   Özcan Deniz

Gênero: Romance/Drama

Sinopse: Yagmur se apaixona por Hasmet, um homem enigmático e tímido. Ela fica grávida, mas não é permitido dizer a ele. De volta em casa, Hasmet é obrigado a aceitar um casamento arranjado com a filha de uma família rival para que coloque um fim à vingança de sangue entre eles. Suas vidas viram de pernas para o ar, vendo seu amor ser destruído pela vingança.

Trailer:

Opinião do Bananas: Um Romance com roteiro bem escrito, com personagens de realidades diferentes, com uma única coisa em comum, um amor inabalável.

Filme Turco, difícil achar mais informações sobre ele mas valeu a pena assistir.

04 bananinhas
Filmes · Seriados

Seriado e Filme: A Morte Lhe Cai Bem

Status: Cancelada

Título Original: Dead Like Me

Gênero: Comédia dramática

Criador: Bryan Fuller

Temporadas: 2

Lançamento: 2003

Sinopse: Georgia “George” Lass, que morreu aos 18 anos, é recrutada como o novo anjo da morte, e como tal ela têm a chance de permanecer no mundo. Logo ela percebe que nada é muito fácil, tanto na vida quanto na morte.

Trailer:

Título: A morte lhe cai bem- O filme

Título Original: Dead Like Me: Life after death

Gênero: Comédia dramática

Diretor: Stephen Herek

Lançamento: 2009

Sinopse: A chegada do novo chefe dos ceifadores, Cameron Kane, parece uma benção dos céus. Ele muda as regras rígidas do cargo e não fiscaliza o trabalho da turma. Mas eles logo descobrem que a morte pode ser mais complicada do que a vida.

Trailer:

Opinião do Bananas: Dead Like Me uma série de comédia mórbida/ humor negro bem diferente, os episódios tem duração de 40 -50 minutos, mas é tão divertido que você não vê o tempo passar e é bem provável que no YouTube tenha todos os episódios pra assistir legendado.

Após o cancelamento da Série foi lançado em 2009 um filme pra dar um final devido e amarrar as pontas.

A maior diferença no enredo entre a serie e o filme é como Georgia amadureceu e aceitou por completo seu papel de ceifadora. Como faleceu muito nova, sem experiências e sem saber que rumo tomar na vida, ela ainda passa por um momento de negação em sua nova vida de ceifadora e tem dificuldades em desapegar de sua família e que após alguns anos vêm a aceitar seu novo destino.

Da serie para o filme houve várias mudanças e ausências no elenco mas os mais importantes permaneceram, a mudança mais notável foi da personagem Daisy que era interpretada pela atriz Laura Harris e no filme é a atriz Sarah Wynter que faz o papel.

A icônica música tema de Dead Like Me:

Trilha Sonora:

  1. Stewart Copeland – Dead Like Me Theme (KMN Remix)
  2. Pink Martini – Que Sera Sera
  3. In The Nursery – Mandra
  4. Huevos Rancheros – Night Of The Iguana
  5. Mono – Life in Mono
  6. Metisse – Boom Boom Ba
  7. Moa – Joy & Pain
  8. Stewart Copeland – Reapercussions (KMN Remix)
  9. Gary Jules – Mad World
  10. Gavin DeGraw – Chariot
  11. Moloko – Indigo
  12. Squirrel Nut Zippers – Hell
  13. Jet Set Satellite – Baby, Cool Your Jets
  14. Mandy Patinkin – (I’ll Be Loving You) Always
  15. Metisse – Nomah’s Land (DLM TV Rip
05 bananinhas
Filmes

Filme de Domingo: O Touro Ferdinando

Título Original: Ferdinand

Lançamento: 2017

Diretor:  Carlos Saldanha

Gênero: Comédia Infantil/Animação

Sinopse: Ferdinando é um touro com um temperamento calmo e tranquilo, que prefere sentar-se embaixo de uma árvore e relaxar ao invés de correr por aí bufando e batendo cabeça com os outros. A medida que vai crescendo, ele se torna forte e grande, mas com o mesmo pensamento. Quando cinco homens vão até sua fazenda para escolher o melhor animal para touradas em Madri, Ferdinando é selecionado acidentalmente.

Trailer:

Opinião do Bananas: Animação infantil muito lindinha pra ensinar que tudo bem ser diferente, e querer um destino diferente daquilo que e considerado comum.

O Touro Ferdinando é originalmente um livro escrito em 1936 por Munro Leaf e em 1938 teve um curta metragem de 8 minutos inspirado no livro.

O livro no Brasil foi lançado pela Intrínseca:

04 bananinhas
Livros

Leituras Pós Sol da Meia Noite

De acordo com o site da autora Stephenie Meyer, essas são as leituras sugeridas pela mesma para depois de Sol da Meia Noite. A postagem Original segue nesse link.

Primeira indicação é uma série de 6 livros, chamada The Murderbot Diaries de Martha Wells:

É uma série de ficção científica que vai contar sobre um android projetado como uma Unidade de Segurança, que consegue se sobrepor ao seu módulo governador, permitindo-lhe desenvolver a independência, que é usada principalmente para assistir a novelas. À medida que passa mais tempo com alguns humanos atenciosos, começa a desenvolver sentimentos humanos, que lhe são inconvenientes.

The Murderbot Diaries Series by Martha Wells read and download epub, pdf,  fb2, mobi

A próxima sugestão é Um Estranho Sonhador de uma das minhas autoras favoritas Laini Taylor, livro esse que também faz parte de uma série e já foi lançado no Brasil.

O sonho escolhe o sonhador, e não o contrário e Lazlo Estranho, órfão de guerra e bibliotecário júnior, sempre temeu que seu sonho tivesse escolhido mal.

Desde os cinco anos, ele era obcecado pelos mistérios de Lamento, uma cidade mítica perdida. O que aconteceu lá duzentos anos atrás que a separou do restante do mundo? Que tipo de deuses existiam lá e foram mortos pelo Matador de Deuses? Essas respostas o aguardam em Lamento, mas também mais mistérios incluindo a deusa de pele azul que aparece nos sonhos de Lazlo.

Em Seguida temos Deathless Divide, de Justina Ireland sendo esse sequencia do Livro Dread Nation.

“Após a queda de Summerland, Jane McKeene esperava que sua vida ficasse mais simples: saia da cidade, permaneça viva e siga para o oeste, para a Califórnia, para encontrar sua mãe. Mas nada é fácil quando você é uma garota treinada para abater os mortos inquietos, e uma perda devastadora na estrada para uma vila protegida chamada Nicodemus faz Jane questionar tudo que ela pensava que sabia sobre a sobrevivência na América de 1880.”

Como próxima sugestão de leitura temos o livro de estréia da autora Megan Bannen: The Bird and the Blade, que em pesquisa inicial acredito ser livro único. Aqui trouxe apenas parte da sinopse.

” Escrava em Kipchak Khanate, Jinghua perdeu tudo: sua casa, sua família, sua liberdade. . . até que o reino seja conquistado pelas forças inimigas e ela se torne uma conspiradora improvável na fuga do Príncipe Khalaf e seu pai através do vasto Império Mongol.”

Indicação seguinte é O livros dos Mil Dias da autora Shannon Hale, que nos conta a história de  Lady Saren que ficará sete anos trancada em uma torre. O castigo, imposto por seu pai, é uma resposta à sua recusa de casar-se com o noivo escolhido pela família. Mas seu isolamento não será total, uma vez que Dashti, sua fiel criada, voluntariamente se fará prisioneira para servi-la e fazer-lhe companhia. O silêncio voluntário e as lágrimas constantes de Lady Saren tornam-se parte da dinâmica monótona dos dias. As únicas companhias verdadeiras da miserável criada são o gatinho Meu Senhor e as páginas de um diário.

Sinceramente não gostei da capa brasileira, segue abaixo:

Agora observemos outras capas do mesmo livro:

Pulando direto pra nossa penúltima indicação que é Anexos da autora Rainbow Rowell.

“Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas. Enquanto isso, Lincoln O’Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho – ler os e-mails de outras pessoas”

Anexos | Amazon.com.br

E a última sugestão de Stephenie Meyer é uma trilogia que já tem seriado chamado as Crônicas de Shannara canceada depois de 2 temporadas. O livro indicado é A Espada de Shannara de Terry Brooks, seguido por As Pedras Élficas de Shannara e A Canção de Shannara

“Há muito tempo as Grandes Guerras do Passado arruinaram o mundo. Vivendo no pacífico Vale Sombrio, o meio-elfo Shea Ohmsford pouco sabe sobre esses conflitos. Mas o Lorde Feiticeiro, que todos julgavam morto, planeja regressar e destruir o mundo para sempre. A única arma capaz de deter esse poder da escuridão é a Espada de Shannara, que pode ser usada somente por um herdeiro legítimo de Shannara. Shea é o último dessa linhagem e é sobre ele que repousam as esperanças de todas as raças. Por isso, quando um aterrorizante Portador da Caveira a serviço do mal voa até o Vale Sombrio, Shea sabe que começará a maior aventura da sua vida.”

Filmes

Filme de Domingo: Destruição Final: O Último Refúgio

Título Original: Greenland

Lançamento: 2020

Diretor:  Ric Roman Waugh

Gênero: Ação

Sinopse: John Garrity, um pai de família, sua esposa Allison e seu filho, embarcam numa perigosa jornada depois que uma tempestade de meteoros atinge a Terra. Para fugir do apocalipse e encontrar o único refúgio que restará da destruição, eles precisam lutar e se manter unidos. Por entre cidades em chamas, conflitos entre as pessoas, tiros e saques, a família experimentará o pior e o melhor que a humanidade pode oferecer.

Trailer:

Opinião do Bananas: Pra começar, adorei o filme e toda a trama dos meteoros que vão devastar a Terra mas o que mais chamou a atenção foi os conflitos interpessoais, o desespero da família, a vaga linha de esperança e a busca incansável por um refúgio.

Tem efeitos bem legais que surpreendem pela precisão e uma fotografia ótima, gostei muito do tema e de como foi reproduzido.

04 bananinhas
Livros

Atnomen – Ariane Soares

Atnomen, da autora Ariane Soares Graphic Novel que descobri por acidente, ou melhor, por indicação do TikTok.

Sinopse: Após a morte de seu Pai, Lena foi deixada sozinha no mundo dos homens, sofrendo nas mãos de um abusivo Ministro da Igreja. Então, um dia, sua vida foi salva por um demônio muito familiar… Ou foi ela que o salvou?

O título Atnomen, vem do Latim “At Nomen” que significa “mas o nome”.

A Graphic ainda está sendo escrita e os episódios são lançados a aprox. cada 15 dias, sempre as Quartas. A autora é Designer e Ilustradora, o Graphic esta disponível no WEBTOONS e TAPAS.

Redes sociais da autora: Instagram @ilustrariane, Tumblr ilustrariane.tumblr.com, Twitter @ilustrariane.

No primeiro capítulo já apaixonei, as ilustrações são bem detalhadas, a história é muito cativante, atrativa, e a autora avança no enredo sem delongas e tem uma energia meio obscura que amei muito.

Não sei se é válido dar nota sendo que a história ainda está sendo escrita mas até o momento…

05 bananinhas
Filmes

Filme de Domingo: O Amor Não Tira Férias

Título Original: The Holiday

Lançamento: 2006

Diretor:  Nancy Meyers

Gênero: Comédia Romântica

Sinopse: Depois de muitas desilusões amorosas, uma mulher de Los Angeles e outra de Londres resolvem trocar de casa nas férias.

Trailer:

Opinião do Bananas: Um filme leve, divertido e sem muita enrolação. O Amor não tira férias é o tipo de filme que te deixa feliz depois de um dia estressante.

04 bananinhas
Livros

Com Amor… Andrew

Autor: A.C. Nunes

Lançamento: 2020

Páginas : 65

Gênero- Categoria: Literatura Brasileira/ Noveleta

Sinopse: Contrariando tudo o que acredita, Andrew aceita tocar em um casamento marcado para o Dia dos Namorados. Lá, ele reencontra uma ex-namorada do passado, madrinha da noiva, que simplesmente não se recorda de terem tido um relacionamento um dia. Decidido a fazê-la se lembrar da história deles, ele a leva para revisitar momentos que os dois viveram juntos.

Opinião do Bananas: Inspirado no filme Minhas Adoráveis Ex- namoradas (que já tem inspiração no personagem Scrooge de A Christmas Carol de Charles Dickens).

Com Amor, Andrew é um romance levinho, simples e ótimo pra ler quando não se quer ler nada, a descrição e performance dos personagens masculinos mostra obviamente que foi escrito por uma Mulher, apenas por as figuras masculinas serem colocadas em posições de pensamentos emotivos e diminutivos de si, algo que na realidade não ocorreria da forma como é repassada no livro.

03 bananinhas