Livros

Sol da Meia Noite- Stephenie Meyer

Título Original: Midnight Sun

Autora: Stephenie Meyer

Lançamento: 2020

Páginas : 736

Tradução: Carolina Rodrigues, Flora Pinheiro, Giu Alonso, Maria Carmelita Dias, Marina Vargas e Viviane Diniz

Gênero- Categoria: Romance

Edição: Editora Intrínseca

Sinopse: Desde que se tornou vampiro, Edward Cullen, considera os humanos seres frágeis e irritantes, Por isso, quando Isabella Swan muda para a chuvosa cidade de Forks, o alvoroço em torno da garota parece inexplicável.

No entanto, Bella é destemida e impetuosa, lançando-se em perigos que despertam em Edward um desejo irreversível e irrefreável. Até conhecê-la, ele nunca tinha se sentido tão humano. Mas será que Edward deve ceder a essa atração avassaladora por Bella, se nem ao menos pode tocá-la?

Opinião do Bananas: Temos muito o que conversar hoje, começando pelo começo: Pra entender todo o alvoroço entorno de Sol da Meia Noite é ideal que leia as postagens que fiz sobre o assunto aqui e aqui.

Ainda teve algum atrito entre os fãs e a editora após a publicação, por que as páginas do novo livro são finas, e sim os livros da saga original são em papel de 75 gr e o novo livro é apenas 58 gr, contudo creio que essa decisão foi bem planejada, pois o livro já tem mais de 700 páginas e se fosse em papel pólen de 75 gr teria ficado muito grosso, ruim de manusear, com facilidade de quebra da lombada e ainda seria muito mais caro, levando em consideração o preço atual de R$ 59,90, então acredito ter sido uma decisão tática bem objetiva.

Link da Amazon para compra do livro: https://amzn.to/3gnAdNl

Sol da Meia Noite é a história dos acontecimentos do livro Crepúsculo na versão do Edward, ou seja, tudo que aconteceu em Crepúsculo sob seu ponto de vista e para que você entenda Sol da Meia Noite é pré requisito que você leia pelo menos Crepúsculo. (Mais sinceramente recomendo que leia todos e na seguinte ordem: Crepúsculo, Sol da Meia Noite, Lua Nova, Eclipse, A breve segunda vida de Bree Tanner e Amanhecer, até porque lendo Sol da Meia Noite você entende eventos ocorridos em Lua Nova).

Nesse livro, somos apresentados a um Edward misterioso e profundamente reflexivo que não tem interesse nenhum nos humanos e apenas após conhecer Bella é que seus sentimentos mudam e esse passa a ter mais entendimento e tato em relação aos humanos e suas emoções.

Para Edward a mente misteriosa de Bella e sua falta de visão sobre ela mesma e suas atitudes altruístas o intrigam. Entendemos as ações tomadas por ele durante toda a história e a forma como isso afeta Bella, vemos que Edward tem consciência de suas atitudes possessivas e super protetoras quase sufocantes, entendemos agora como a mente dele funciona e o quanto ele se crucifica por isso.

Esse livro trás uma visão mais ampla sobre o papel de todos os personagens, inclusive como Alice se torna uma peça chave em toda a história e todas as formas como ela ajuda Edward a evitar a morte da Bella por suas próprias mãos, nos é mostrado com detalhes a importância de Jasper e a extensão maior de seu poder, Esme também se faz mais presente na história com todo o peso de sua representação maternal e finalmente entendemos mais sobre a repulsa de Billy Black para com os Cullens e ainda detalhes do relacionamento de Rosalie e Emmett e o conflito entre Rosalie e Edward com relação a Bella.

Esse livro trás uma visão nova e respostas a questões a tanto tempo feitas, temos uma história mais profunda e detalhada desse universo, e é lançado de forma mais objetiva os conflitos das situações envolvendo esse casal, o que em contra partida em Crepúsculo tudo é voltado ao romance e a maneira exagerada como Bella vê Edward, ou seja, como seu anjo protetor.

A luta de Edward contra si mesmo, seu amor por Bella, a maneira repulsiva que se enxerga e sua impossível sede assassina é a base dessa história, com detalhes maiores sobre suas origens e toda a obscuridade de seus pensamentos, esse livro é em absurdos detalhes todos os pensamentos dele que é a fundamentação de sua habilidade de ler mentes.

“Por um segundo, vi Perséfone com a romã na mão, condenando-se ao submundo. Aquele seria eu? O próprio Hades, cobiçando a Primavera, roubando-a, condenando-a à noite sem fim.”

Esse livro foi aguardado pelos fãs por mais de 10 anos e valeu bastante a espera.

05 bananinhas
Livros

Tartarugas até lá embaixo- John Green

Título Original: Turtles All The Way Down

Autora: John Green

Lançamento: 2017

Tradução: Ana Rodrigues

Páginas: 272

Gênero: Ficção Americana/ Transtorno Obsessivo Compulsivo/Young Adult

Editora: Instrínseca

Sinopse: A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto tenta lidar com o próprio transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, distúrbio mental que o afeta desde a infância –, “Tartarugas Até Lá Embaixo” tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

Opinião do Bananas: Meu Deus! Como começar a falar sobre este livro?!?!?! Ok, primeiro a capa. Como a maioria das capas da Editora Intrínseca essa não deixa a desejar, simples e que se encaixa na história.

A história é maravilhosa e transmite tudo com uma realidade impressionante, a leitura é rápida o livro tem capítulos curtos.

A personagem principal mostra como é tentar viver uma vida normal e ainda batalhar constantemente com a própria mente que lhe força a ter comportamentos e pensamentos ansiosos e excessivos.

Gostei da descrição de tudo que se passa na mente de Aza e como ela analisa os acontecimentos a sua volta enquanto a confusão em sua mente se instala.

A forma como o autor descreve a ação que a medicação causa em Aza é incrivelmente detalhada, você sente a aflição da personagem em suas batalhas internas.

O autor ao final do livro junto de seus agradecimentos nos conta que também teve problemas com sua saúde mental, e agradece aos seus profissionais da saúde que o ajudaram a passar por isso, e finaliza dizendo:

“Pode ser um caminho longo e difícil, mas os transtornos mentais são tratáveis. Há esperança, mesmo que seu cérebro lhe diga que não.”

Em um vídeo postado no Canal da Editora Intrínseca o autor menciona que tem Transtorno Obsessivo Compulsivo. Segue Vídeo:

O livro é cheio de  ótimas frases como:

“A beleza é uma questão de atenção.”

“Você dá poder demais aos seus pensamentos, são apenas pensamentos. Eles não são você. Você pertence a si mesma.”

Em minha opinião é o melhor livro que li até hoje do John Green, tendo em vista que li apenas 2 creio que não seja uma opinião tão válida assim.

05 bananinhas.

Livros

Trilogia: Delírio, Pandemônio e Réquiem – Lauren Oliver

Delírio

Título Original: Delirium

Autora: Lauren Oliver

Lançamento: 2012

Tradução: Rita Sussekind

Páginas: 336

Gênero: Romance Americano, Distopia, Ficção Americana

Editora: Intrínseca

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Pandemônio

LIVRO 2

Título Original: Pandemonium

Autora: Lauren Oliver

Lançamento: 2013

Tradução: Regiane Winarski

Páginas: 304

Gênero: Romance Americano, Distopia, Ficção Americana

Editora: Intrínseca

Sinopse: Duas realidades, duas Lenas, diferentes ameaças. Antes e agora. Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor, sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções: pouco a pouco a sociedade se incendeia pelas faíscas da revolta, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.

Réquiem

LIVRO 3

Título Original: Requiem

Autora: Lauren Oliver

Lançamento: 2014

Tradução: Regiane Winarski

Páginas: 304

Gênero: Romance Americano, Distopia, Ficção Americana

Editora: Intrínseca

Sinopse: No desfecho surpreendente e eletrizante da série Delírio, não se pode mais ignorar a revolução: ela tomou o país, suas cidades e sua população. Os Inválidos crescem a cada dia, e o conflito final se aproxima. Lena agora está do lado deles, mas não são apenas os ataques dos reguladores que ela precisa enfrentar. O retorno de Alex, que ela pensou que estivesse morto, e o reencontro com Hana, que foi pareada com o futuro prefeito e leva uma vida confortável, tumultuam ainda mais seus pensamentos. Em Réquiem, Lauren Oliver mostra que a revolução é um caminho sem volta, assim como a liberdade.

Opinião do Bananas: Aqui temos uma sociedade que considera o Amor uma doença e quando completa-se 18 anos você passa por uma ‘intervenção’, procedimento este que lhe fornece uma cura para o amor, depois disso sua vida é completamente montada , é determinado com quem vais casar, onde é e o que você vai estudar, se vai ou não trabalhar e onde.

Ouvi e li muito sobre essa trilogia, tanto coisas boas quanto ruins quem gosta, ama e quem não gosta odeia, sem meio termo.

Eu particularmente gostei de toda a história, porém confesso que alguns momentos senti que faltava algo na trama.

O 1º livro tem uma leitura rápida, com uma boa apresentação dos personagens.

O 2º livro já é um tanto arrastado, talvez devido os capítulos serem divididos em “antes” e “agora” intercalando entre cenas do passado e cenas atuais devido o “agora” se passar um tempo após o ocorrido no primeiro livro.

O 3º livro considero um dos mais chatos, nesses os capítulos são separados entre Hana (melhor amiga de Lena) e da Lena, mostrando as diferenças entre a vida das duas.

Considero que ambos as personagens amadureceram muito ao longo da história.

Algumas opiniões que li foram referentes ao final de Réquiem, mencionando ter ficado sem sentido e sem respostas, porém gostei muito do final por que apesar de não ser definitivo, um feliz para sempre, mostra o início de uma grande revolução, ou seja, o feliz para sempre vai demorar a acontecer mas sabemos que tudo esta encaminhado para boa conclusão e sim no final ela fica com o Alex.

“Eu amo você. Lembre-se. Eles não podem tirar isso de nós”

Sobre as capas… Edições metálicas, ficam lindas na estante, belos detalhes na fonte da capa, o ponto negativo é que são ruins para tirar foto por causa do brilho e reflexo e ainda mancham e perdem a cor logo, ficando com a aparência velha e gasta.

Outras Edições: 

As mais feias: (Não suporto capa com foto de modelos, tanto de rosto quanto de corpo inteiro. Fica parecendo uma fotografia comum e por vezes mal montada).As capas metálicas tem um rosto a mostra mas há uma arte por cima e outros detalhes que eliminam esse visual de fotografia comum.

As mais bonitas: 

Um detalhe adicional:

Seriado Delirium

A HULU (um site de vídeo sob demanda) tipo uma mistura de Netflix com Youtube, realizou um projeto para a serie, elaborando um episódio piloto que por sua vez não foi comprado ou seja, a serie foi cancelada no primeiro episódio. O episódio tem 43 minutos e acredito não estar disponível oficialmente.

Essa tentativa frustrada datou se em 2013, escrita por Karyn Usher e dirigido por Rodrigo Garcia.

Eu assisti a esse episódio e detestei..

A escolha de atores foi razoável, porém para o ator que interpretaria Alex acredito que existam melhores escolhas.

Eu detestei por tentarem encaixar informação demais no episódio e o pior erro de todos: ELE ALTERARAM O CONTEXTO. Odeio quando fazem isso, mudam a história, mudam falas, personagens e tudo fica tão diferente que acaba não encaixando direito. Eles tentaram avançar muito na história, ficou meio sem nexo. A colocação dos personagens ficou diferente. Nossa, sério. Ainda bem que não foi aprovada por que seria uma decepção para os fãs da trilogia.

Segue trailer. Sim a Emma Roberts está no elenco.

03 bananinhas somente por causa da trilogia, a serie foi um desastre…

Livros

Sonhos com Deuses e Monstros- Laini Taylor

9788580576375Autora: Laini Taylor

Titulo Original: Dreams of Gods and Monsters

Tradução: Viviane Diniz

Lançamento: 2014

Páginas: 558

Gênero: Ficção Americana

Categoria: Fantasia/ Anjos/Demônios/ Monstros

Editora: Intrínseca

Sinopse: No esperado desfecho da série que conquistou milhares de fãs mundo afora, um inimigo maior une quimeras e serafins em uma batalha épica, e o amor tem enfim a chance de alcançar a redenção. Dois mundos se equilibram na iminência de uma terrível guerra. Na Terra, os humanos recebem com êxtase os anjos e seu imperador, que pretendem angariar armas para um combate maligno. Karou assumiu o controle da rebelião quimera e, ao menos na batalha contra o inimigo em comum, está, finalmente, ao lado de Akiva. É uma versão distorcida do tão antigo sonho dos dois, uma esperança de futuro para seus povos. E, talvez, para o amor que eles sentem renascer.

 

Opinião do Bananas: Como é um livro de 500 e tantas páginas é normal que seja um tanto maçante e confuso em alguns pontos da história. No começo, já inicia apresentando novos personagens a trama que se tornam importantes quase no final onde temos também muita tensão, traição, muitos detalhes no decorrer do livro que nos faz grudar e não largar mais até o fim, temos um exército de anjos invadindo a Terra, anjos se aliando quimeras, humanos passeando ‘entre mundos’ em minha opinião o segundo melhor livro (não gostei muito de dias de sangue e estrelas).

4

 

04 bananinhas 

Livros

A Hospedeira – Stephenie Meyer

Título: A Hospedeiradownload

Autora: Stephenie Meyer

Título original: The Host

Tradução: Renato Aguiar

Lançamento: 2008

Páginas: 557

Gênero: Ficção Americana/ Aliens

Editora: Intrinseca

Sinopse: Melanie Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores. Suas mentes são extraídas enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.

Quando Melanie, um dos humanos ‘selvagens’ que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a ‘alma’ invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade pela qual Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.

Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua incapaz de se separar dos desejos de seu corpo. Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida em uma espécie de exposição forçada.

Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa pelo homem que ambas amam.

 Opinião do Bananas: Longa leitura, detalhes além do necessário, o clímax demora a se desenvolver , porém o livro é ótimo (o filme resumiu bem a história) a ação é colocada em momentos diferentes durante o livro e não acumulado em um único momento, achei isso interessante pois quando estava ficando entediada a história tomava um rumo interessante que fixava minha atenção já o começo em que a peregrina começa a dar aulas e contar a  história de suas vidas passadas desde Origem é que fica maçante, muito maçante (só sobre outros mundos daria um livro inteiro).

banasssss - Cópia

 

03 bananinhas pela lentidão  da leitura..

Livros

Dias de Sangue e Estrela -Laini Taylor

dias-de-sangue-e-estrelasDias de Sangue e Estrela

Autora: Laini Taylor

Editora: Intrínseca

Publicado: 2012

Gênero: Ficção Americana/Fantasia

Sinopse: Karou, uma estudante de artes plásticas e aprendiz de um monstro, por fim encontrou as respostas que sempre buscou. Agora ela sabe quem é – e o que é. Mas, com isso, também descobriu algo que, se fosse possível, ela faria de tudo para mudar: tempos atrás Karou se apaixonou pelo inimigo, que a traiu, e por sua culpa o mundo inteiro foi punido. Na deslumbrante sequência de Feita de fumaça e osso, ela terá que decidir até onde está disposta a ir para vingar seu povo. Dias de sangue e estrelas mostra Karou e Akiva em lados opostos de uma guerra ancestral. Enquanto os quimeras, com a ajuda da garota de cabelo azul, criam um exército de monstros em uma terra distante e desértica, Akiva trava outro tipo de batalha: uma batalha por redenção… por esperança. Mas restará alguma esperança no mundo destruído pelos dois?

Opinião do bananas:

Mais uma vez meus parabéns a Designer Alison Impey pela linda capa desse segundo livro.

O universo criado pela autora é tão detalhado e diferente lado a lado com a escrita de fácil entendimento e boa separação de cenários, isso faz com que a atenção do leitor fixe total e completamente na leitura.

Sinceramente o primeiro livro é melhor, porém o segundo livro mostra o que acontece em Eretz no momento sem um ressurreicionista e conta o que está acontecendo na vida de Zuzana, mostra o lado tanto de Karou (que só aparece lá pelo 7º ou 8º capitulo eu acho…) quanto o lado de Akiva que nesse momento tem sua história contada com mais detalhes.

O fato de Karou não ser exatamente o foco no inicio dessa leitura faz com que se torne um pouco mais ‘real’ para o leitor todo esse universo criado pela autora.

“Ele está olhando para ela.”

“como sempre acontece quando estão juntos, é como se houvesse um estopim aceso queimando no ar que os separa.”

“Esta noite ele se permitem olhar um para o outro, apenas um pouco mais.”

03

03 banananinhas por que o primeiro foi melhor…

Livros

O Circo da Noite – Erin Morgenstern

 O_CIRCO_DA_NOITE_1341701433PO Circo da Noite

 

Autora: Erin Morgenstern

Editora: Intrínseca

Publicado: 2010

Gênero: Ficção Fantástica/Magia

Sinopse:Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.

Opinião das Bananas: Essa história é contada em 30 anos (1873 à 1903), talvez seja por isso que achei tal história lenta, cansativa e com detalhes além do necessário, porém, ao se aproximar do final do livro todos os detalhes se juntam e você começa a entender todo o “jogo” em questão, mas não se sabe ao certo como tudo isso começou. O livro é um mistério do começo ao fim foi realmente cansativo de ler, entretanto, a história é interessante.

 

“-Afinal, existem muitas formas de magia.”

“Marco a beija como se eles fossem os únicos dois seres no mundo.”

Para os mistérios e maravilhas de o circo da noite….

banasssss - Cópia

 

03 bananninhas

Livros

A breve segunda vida de Bree Tanner – Stephenie Meyer

 

??????????????

A breve segunda vida de Bree Tanner

 

Autora: Sthephenie Meyer

 

Editora: Intrínseca

 

Publicado: 2010

 

Gênero: Ficção/Vampiros

 

Sinopse: Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, “Eclipse”, somos apresentados ao lado sombrio da saga. Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen – a última semana de sua existência.

Eu Achei: Uma boa leitura. É uma visão completamente diferente dos vampiros de Stephenie Meyer que estamos acostumados. O final todos conhecemos mas pela visão de Bree se torna mais emocionante.

A história da Bree Tanner ganha:

banasssss - Cópia (2)

04 bananinhas

 

Livros

Lendo Agora #1

No momento estou lentamente lendo:

A Origem das Espécies – Charles Darwin.

Estou no começo ainda, são 561 páginas + ou – , texto integral da Editora Martin Claret.

download

E estou lendo também…

Finale – Becca Fitzpatrick.

É o quarto e ultimo livro da serie Hush, Hush. São 301 páginas, da Editora Intrínseca, estou no capítulo 7 página 65, o começo é bem lento, chatinho e sem emoção.

finale_becca-fitzpatrick_book