Livros

O que significam as capas da saga Crepúsculo?

Sempre admiramos capas de livros mas nem sempre descobrimos seu significado. Esse é o caso das capas dos livros da saga Crepúsculo da autora Stephenie Meyer. Lembrando que essas informações em sua maioria foram retiradas do livro: Crepúsculo – Guia Oficial Ilustrado da Série escrito pela própria Stephenie Meyer.

Começando pelo começo, temos Crepúsculo:

A maçã é representativo do conhecimento que Bella tem sobre o bem e o mal, e das escolhas que ela faz, bem como do amor proibido da Bella e do Edward, tanto que no começo do livro há a passagem de Gênesis 2:17.

Em segundo temos Lua Nova, temos uma Tulipa perdendo uma pétala que é a representação da perda que Bella sofre quando o Edward a abandona. Também simboliza as lágrimas da Bella e a gota de sangue do corte de papel que levou a decisão do Edward.

O terceiro livro é Eclipse, com a imagem de uma fita de cetim quase partida quase um laço desfeito. Assim mostrando a dificuldade que a Bella tem em cortar laços com o mundo humano.

O spin off, A segunda Breve vida de Bree Tanner, representada por uma ampulheta contando seus momentos finais é exatamente o contexto desse livro, que tanto a vida vampiresca quanto a humana de Bree Tanner terminaram rápido demais. A vida humana de Bree Tanner foi finalizada quando ela tinha 16 anos e a vida vampiresca foi brutalmente encerrada pouco tempo depois de ser transformada.

No Quarto livro temos um tabuleiro de Xadrez com um peão ao fundo e a Rainha na frente, as duas peças representam Bella e sua evolução durante a Saga, o Peão é a Bella no começo da história, insignificante, fraca exatamente como a Bella se sente no primeiro livro e ela se torna a Rainha a peça mais importante, mais forte e a que protege todos.

A versão de Edward, Sol da meia noite, mostra uma fruta Romã cortada ao meio e pingando. A Romã é uma fruta associada a Mitologia Grega, principalmente a história de Hades e Perséfone pois ao sequestrar Perséfone, Hades lhe deu sementes de Romã pra comer porém, quem come ou bebe no submundo fica trancado lá para sempre, mas como Perséfone havia comido apenas 6 sementes ela fica no submundo apenas por 6 meses e os outros 6 meses ela volta pra sua Mãe Deméter. Aqui cortada ao meio representa que para Bella fazer parte de seu mundo ele deve dar parte dele, mas Edward sempre se considerou sem alma, um ser impuro por isso as gotas pingando pois ele sofreu ao fazer isso e no momento em que ela entrasse em sua vida ela também se tornaria impura e presa no seu mundo. A fruta cortada ao meio também se assemelha as câmaras de um coração reforçando assim a teoria de seu sofrimento com as gotas vermelhas pingando da fruta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s