Livros

50 Tons de Cinza- E. L. James

Autor: E. L. James

Título Original: 50 Shades of Grey

Editora: Editora Intrínseca

Tradução: Adalgisa Campos da Silva

Lançamento: 2012

Páginas : 480

Gênero- Categoria: Erótico

Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seus próprios termos.

Opinião do Bananas: Finalmente li 50 tons, esse foi particularmente um livro difícil de ler (tentei lê-lo 4 vezes anteriormente), tanto pela fama quando foi lançado quanto pela escrita ruim e é por aí que vou começar.

Para o tipo de história a escrita é juvenil/adolescente, descrição dos personagens também não é das melhores, sendo confusa assim como os diálogos que nem sempre são bem definidos. Christian é descrito de formas diferentes mesmo que sutis ora é um homem autoritário, ora um garoto cheio de si, já Anastacia em um momento ela é tímida demais e em outro é super auto confiante. As cenas de sexo são contadas de maneira tão boba que me fez rir diversas vezes “como aço recoberto de veludo” é como Anastacia descreve o falo de Christian.

Anastacia menciona sua deusa interior mas se diminui muito e coloca Christian em um pedestal nada digno de uma deusa interior que emana feminilidade e poder, a cada dois parágrafos tem pelo menos uma frase com Anastacia embasbacada por Christian, ela fica feliz com migalhas de atenção e ele a trata como propriedade sendo rude e possessivo. O livro força uma imagem inocente de Anastacia e força ainda uma atração entre Ana e Grey quase desesperada.

O livro trás uma luz para o BDSM mas é falado tão superficialmente sem detalhes, regras e notas importantes para essa comunidade que chega a ser perigoso ao leitor, criar o interesse em algo sem o mínimo de cuidado, como por exemplo quando ele nota que ela é fraca para bebidas alcoólicas e faz ela beber para discutirem os limites de dor que ela tem, e é senso comum que você deve estar sóbrio e em plenas faculdades mentais para conversar sobre consentimento e limites de dor.

Para os que não conhecem 50 Tons é fanfic derivada de Crepúsculo, por isso tem personagens e momentos semelhantes a Crepúsculo. 50 tons é parte de uma trilogia seguida por 50 tons mais escuros e 50 tons de liberdade, após o sucesso a autora decidiu escrever toda a história pela visão do Christian (por que isso agora tá na moda aparentemente) gerando os livros Grey de 2015, Mais Escuro de 2018 e Livre de 2021.

Algo que dizem os fãs, é que a escrita melhora com os próximos livros e vamos esperar que seja verdade, pois o primeiro não foi uma experiência boa.

02 bananinhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s